ASOCIACIÓN LATINA PARA EL ANÁLISIS DE LOS SISTEMAS DE SALUD

O que é ALASS?

ALASS [Associação Latina de Análise dos Sistemas de Saúde] foi fundada em 27 de Janerio de 1989 em Lugano.

É uma rede viva de cientistas (professores e investigadores) e profissionais (gestores, planificadores, designers de políticas) do âmbito sanitário, interessados em contribuir para a resolução de numerosos problemas dos sistemas de saúde dos países latinos.

Por que se concentra nos países latinos?

ALASS parte do princípio de que existe uma cultura latina comum. Esta manifesta-se, entre outros aspectos, na maneira de entender a qualidade de vida, nos comportamentos em matéria de prevenção de doenças e na utilização dos serviços de saúde, sem esquecer as peculiaridades nacionais, regionais ou locais.

Estas características comuns facilitam a compreensão dos problemas particulares dos diferentes países e permitem adaptar as mesmas soluções em diferentes lugares.

O que queremos ser?
A visão

ALASS quer reunir sob um mesmo tecto associativoum grupo de profissionais que interactue partilhando a sua experiência e as suas habilidades para resolver problemas próprios do sistema sanitário.

Que fazemos?
A missão

Dadas as múltiplas dimensões dos sistemas de saúde (comunitárias, organizativas, profissionais, sociológicas, políticas, económicas, etc.), nenhuma disciplina por si só pode dar uma resposta apropriada a muitos dos problemas que se apresentam.

Por esse motivo, ALASS promove uma aproximação pluridisciplinar para resolver os problemas socio-sanitários, favorecendo uma visão global dos mesmos e a aproximação sistemática para a sua resolução.

ALASS não limita os seus campos de investigação e integra, entre outros, a concepção de políticas, a regulação dos sistemas, a planificação, o financiamento e a gestão. Isto permite considerar o impacte das soluções sobre a organização, a gestão dos recursos humanos, a satisfação dos clientes, etc.

Acreditamos em quê?
Os valores

  • Na pluralidade das culturas.
  • Na utilização de todas as línguas latinas.
  • Na integração das disciplinas e metodologias.
  • Na tolerância e na abertura a diferentes pontos de vista.
  • Na não subordinação a qualquer sistema político, moral ou económico.
  • No trabalho em equipa e no ânimo de intercambiar experiências por cima das fronteiras.
  • Nas relações sociais entre os membros da associação que gerem laços de amizade duráveis para além das relações profissionais.

Atividades

  • Todos os anos, a ALASS organiza um congresso de três dias —CALASS— dedicados à apresentação, numa das línguas da Associação, de resultados científicos e de realizações concretas.
  • A ALASS também organiza Seminários de trabalho sobre temas específicos.
7 Janeiro, 2016